top of page

Pai, um espelho de amor a Deus para os filhos.




A Igreja Católica inicia neste domingo, 14 de agosto, a Semana Nacional da Família, que segue até o dia 20, com o tema “Amor familiar, vocação e caminho de santidade”. Para cada dia da semana é proposta uma meditação, sendo elas, neste ano, baseadas no Sermão da Montanha. Para o dia dos pais o tema proposto é “Educador para Santidade”.



Maravilhoso e pertinente tema. Muitas vezes ouvimos pais e mães dizerem, ao perceber o crescimento dos filhos e sua independência despontando cada vez mais cedo, que “os filhos são criados para o mundo”, no sentido de que não poderão prendê-los em casa para sempre e de que precisam ter sua própria vida. Verdade, não se criam filhos para retê-los, mais cedo ou mais tarde serão adultos, tomarão suas decisões e escolherão seus caminhos. Porém, a educação para a santidade é uma missão primordialmente dos pais. E, neste final de semana, salienta-se de modo especial a missão do pai.



No mundo moderno, onde os papéis têm ficado cada vez mais confusos, é muito importante sabermos o quanto faz a diferença quando educamos nossos filhos com o propósito de agradar primeiramente a Deus, com a consciência plena de qual é, efetivamente, a nossa parte nesse processo.



Outra frase também citada muitas vezes diz: “a palavra convence, o exemplo arrasta”. Grande verdade que, colocada no contexto da criação dos filhos e do cumprimento da missão paterna, deixa muito claro o nosso chamado: dar o exemplo. Sim, não há forma melhor e mais eficaz de educar nossos filhos e filhas para a santidade do que mostrar a eles o quanto nós, pais, também queremos isso. Buscar o Reino de Deus em primeiro lugar, e a sua justiça, deve estar muito transparente em nosso modo de viver a paternidade, em todo tempo. Sabemos de nossas fraquezas e limitações e o quanto é desafiador esse caminho, mas até nossa luta para vencê-las serve de exemplo para que também nossos filhos lutem contra suas fraquezas e limitações. Mostrar com a vida é verdadeiramente o melhor caminho.



A Bíblia tem muitos exemplos de pais que transmitiram sua fé no Deus vivo e verdadeiro para seus filhos através de uma vida totalmente entregue a Ele. Lembremo-nos dos grandes patriarcas Abraão, Isaac e Jacó; de Josué, que declarou: “eu e minha casa serviremos ao Senhor”; de Tobit, pai de Tobias, e seus sábios conselhos ao filho. Grandes homens de Deus, grandes pais. E, entre os citados nas Sagradas Escrituras, o maior de todos: São José, o pai adotivo do Senhor Jesus.



Olhando para São José, podemos ter uma noção claríssima de como ser pai em qualquer tempo. Seu exemplo, sua maturidade, seu compromisso com o plano de Deus nos enchem de inspiração para seguirmos seus passos e cuidar da criação de Deus, colocada sob nossa responsabilidade. Se olharmos atentamente para as atitudes do homem que Deus escolheu para cuidar da Santíssima Virgem Maria e do Salvador da humanidade, veremos o equilíbrio e o discernimento que nós, pais, precisamos para cumprirmos nossa missão: mostrar aos nossos filhos e filhas o que realmente importa para nós e, assim, trazê-los conosco nessa linda caminhada.



Sem dúvida alguma, São José é o modelo de pai que devemos seguir.




Neste final de semana, desejo a todos os pais que batalham para mostrar aos seus filhos e filhas o melhor caminho um feliz e abençoado dia dos pais. E que São José, o Patrono das Famílias, interceda pela necessidade de cada um e esteja diante dos nós com seu exemplo e sua força.



Não nos esqueçamos Aquele que também é Pai, está conosco, torce por nós, confia em nós, não nos abandona. A Ele toda honra e toda glória. Amém!




196 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page