top of page

Conhecendo a vida do Papa Sisto I, sexto sucessor de Pedro.


Sisto era filho de dois pastores, provenientes da VII região da Cidade de Roma, chamada Via Lata, perto da atual Via do Corso, onde ainda existe uma rua com este nome. Na realidade, seu verdadeiro nome era "Xystus", e teria origem grega. Isso deu origem a um erro, pois havia quem confundisse com “sexto”. Na verdade, ele foi o sétimo Papa, ou seja, o sexto depois de São Pedro. Sisto também significa “polido, educado”, além de “sexto”.



Eleito, por volta do ano 115, algumas regras de culto muito importantes foram atribuídas a ele. Por exemplo, decidiu que, durante a consagração, ninguém, além dos ministros de culto, podia tocar o cálice sagrado e a patena. Instituiu o convite aos fiéis para cantarem a oração do "Santo" junto com o celebrante, durante a missa, após o Prefácio. Embora não se tenha confirmação histórica concreta, parece que também foi dele a fórmula final do "Ite Missa est", que hoje foi substituída por “Ide em paz. O Senhor os acompanhe”.




Foi Sisto quem estabeleceu que os Bispos que visitassem a Santa Sé deviam voltar para as suas dioceses com uma Carta do Papa, que comprovava a sua plena comunhão com o Sucessor de Pedro.




Acredita-se que ele tenha introduzido o uso da água no rito Eucarístico e da água benta para as abluções.




Sisto teria escrito duas Cartas de cunho doutrinário: uma, sobre a Santíssima Trindade; e a outra, sobre a Primazia do Bispo de Roma.




Foi durante o Pontificado de Sisto que, provavelmente, tiveram início as primeiras divergências com as Igrejas Orientais. Parece ter sido ele a enviar os primeiros missionários para evangelizar a Gália (hoje França), entre os quais São Peregrino.




O Papa Sisto I morreu durante a perseguição do Imperador Adriano, em 125. Estava próximo de Roma, visitando a Diocese de Frosinone, onde foi provavelmente decapitado. A sua celebração ocorre no dia 3 de abril.



São Sisto I, rogai por nós!


Fonte: Vatican News


Oração – Ó Deus, que destes a São Sisto I a graça de governar a Igreja com sabedoria, firmeza, fidelidade e austeridade, dai também a nós a graça de governar nossa vida conforme a vossa vontade. Amém.

41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page