top of page

SÃO CLEMENTE I, Papa e mártir. Oração Eucarística I.


São Clemente I é o terceiro sucessor de São Pedro como Bispo de Roma, mencionado por São Paulo na Carta aos Filipenses:



“Peço-vos que auxilieis também aqueles que, como Clemente e outros, comigo labutaram pelo Evangelho, cujos nomes estão escritos no livro da vida”.


Clemente dirigiu a Igreja de Roma dos anos 88 até 97.




Escreveu uma carta fundamental a favor do primado universal do Bispo de Roma: a Carta aos Coríntios, no ano de 96.




A comunidade cristã de Corinto ameaçava desagregar-se. Com a missão de pacificá-la, Clemente escreve esta extensa carta de orientação, repassada de energia persuasiva, recomendando humildade, paz e obediência à hierarquia eclesiástica já então definida nos seus diversos graus: Bispos, Presbíteros e Diáconos. Hegesipo e Dionísio, no século II, referem que a carta produziu os frutos esperados na Igreja de Corinto. Atestando a fé, a unidade e o fervor que esta comunidade vivia em 155 d.C.




A intervenção de Clemente mostra como o Bispo de Roma se sentia responsável e com autoridade sobre as outras Igrejas. Nesse tempo, o Apóstolo João ainda vivia o que permite concluir que o Primado foi uma convicção clara desde o início da Igreja. Ou São Clemente não teria ousado intrometer-se na sede de outro bispo.




João, Apóstolo de Cristo, era uma figura venerável. Mas era ao Bispo de Roma, como sucessor de São Pedro, que competia o governo da cristandade.




Uma tradição, que remonta ao fim do século IV, afirma que São Clemente terminou sua vida com o martírio. Seu nome foi incluído no Cânon Romano da Missa (Oração Eucarística I).




São Clemente I, rogai por nós!




Fonte: Livro ‘O Santo do dia’ – Dom Servilio Conti, I.M.C

Imagem: turkcewiki


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page