top of page

Meu testemunho com o Santo Rosário.


Olá, pessoal.



Que a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja com todos.



Desde o meu retorno à Igreja, em 1989, em muito inspirado pelo Padre Ladislau, procurei ter uma intimidade de oração com a Santíssima Virgem Maria. A oração do Santo Terço foi o caminho que encontrei para conseguir essa intimidade e, mesmo falhando alguns dias, sempre experimentei sua condução de Mãe em minha vida, principalmente nos momentos em que tive de tomar decisões importantes.



Porém, ao olhar os grandes homens e mulheres de nossa comunidade e ouvindo seus belos testemunhos de vida e perseverança, percebia algo em comum, a oração do Rosário. Para mim, ainda jovem, devido às inconstâncias próprias de quem ainda busca o melhor caminho, era uma meta quase inatingível. Rezava alguns dias, às vezes nas festas marianas, mas diariamente, dentro da correria do dia a dia, era muito difícil. Sempre soube que esse é o desejo de Nossa Senhor para seus filhos, inclusive já tinha ouvido seu pedido através de alguns irmãos em momentos de oração, mas ainda não havia me movido o suficiente para tomada de decisão. Até que, em nosso último Rebanhão antes da pandemia, ouvi novamente, através de uma querida irmã, que Nossa Senhora estava pedindo que rezássemos o Rosário diariamente. Aquele foi o dia. Como acontece em muitas mudanças na minha vida, iniciei com a Quaresma, fazendo o propósito de rezar o Rosário todos os dias, mais a Semana Santa. E assim comecei esta maravilhosa prática.



Atualmente, rezo o Rosário praticamente todos os dias, consegui introduzi-lo na minha rotina, acordo uns minutos antes do necessário para iniciá-lo e assim vai. Não consigo rezar direto, sem interrupções, mas durante o dia, em vários horários, medito a vida Jesus e de Maria Santíssima durante os quatro mistérios. E essa é para mim a grande maravilha da oração do Rosário, mergulhar nos grandes momentos da vida do Senhor e de sua Santíssima Mãe todos os dias. Nem sempre tenho profundas experiências devido à minha fraqueza e dispersão, mas, quando essas barreiras são vencidas, a consolação, a alegria, a força que experimento nessa oração são fantásticas.



Por isso, sempre que posso, convido meus irmãos e irmãs e fazerem essa desafiadora experiência, que nos parece inatingível, mas, com a graça de Deus e o auxílio do Espírito Santo, podemos fazer. Lembremo-nos: é um pedido de Nossa Senhora.



Grande abraço fraterno.



Deus abençoe



Sandro Esgarribia

470 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page