top of page

“Ao Santíssimo e DIGNÍSSIMO Sacramento“, ou “Ao Santíssimo e DIVINÍSSIMO Sacramento?


Qual é a forma correta?

O Corpo de Cristo, a quem adoramos, é Santo e Divino: Santíssimo e Diviníssimo. E, de nossa parte, é digníssimo reconhecer que o Sacramento da Eucaristia, que é a própria presença real de Cristo em meio a nós, é Santíssimo e Diviníssimo, e merece que lhe sejam dados graças e louvores a todo momento!




A palavra “digníssimo” é o superlativo de “digno”. Deus é digno de toda adoração; aliás, só Ele é digno de adoração. O ato de adorá-lo é um ato humano digníssimo. No entanto, o termo “digníssimo” também pode ser aplicado a qualquer pessoa, porque todos temos uma dignidade intrínseca absoluta, por sermos criados à imagem e semelhança de Deus.




A Igreja nos oferece fórmulas belíssimas para nos ajudar a penetrar, aos poucos, no mistério insondável de Deus. Uma dessas fórmulas é aquela que pronunciamos a Jesus Sacramentado exposto no altar:




Graças e louvores sejam dados a todo momento ao Santíssimo e DIVINÍSSIMO Sacramento: uma declaração explícita da Santidade e Divindade de Deus presente e vivo no Sacramento da Eucaristia.



Esta é a fórmula correta, portanto.

7.239 visualizações1 comentário

1 Comment


O sufixo Issimo diz que ele seja mais alguma coisa que a possibilidade de outra, superlativo do termo. Então ele é mais Deus que o quê? Já o Digníssimo nestes termos, não seria em relação aos outros 6 sacramentos? Aí sim há o que se possa querer comparar.

Like
bottom of page