top of page

3º Passo da Leitura Orante: Oração


Dentro deste mês da Bíblia, temos buscado, como Paróquia, uma via para encarnar melhor a Palavra de Deus em nossa vida. Escolhemos a Leitura Orante da Palavra e já passamos por dois de seus passos: a leitura e a meditação.

Sucessivamente, chegamos ao momento da oração (oratio), que supõe a pergunta: que dizemos ao Senhor, em resposta à sua Palavra?



A oração, enquanto pedido, intercessão, ação de graças e louvor, é o primeiro modo como a Palavra nos transforma. Essa oração provocada pela meditação inicia-se com uma atitude de admiração, silêncio e adoração ao Senhor. Também pode ser uma recitação de preces e salmos.



Santo Agostinho de Hipona dizia:



Se o texto é oração, rezai; se é gemido, gemei; se é reconhecimento, ficai felizes; se é um texto de esperança, esperai; se exprime o temor, temei. Porque as coisas sentidas no texto bíblico são espelho de vós mesmos.(https://blog.cancaonova.com/denisduarte/estudo-lectio-divina-terceiro-degrau/).


Rezemos interiorizando o que o texto nos leva a dizer a Deus. Falemos com Ele, ouçamos e agradeçamos, peçamos discernimento sobre como o texto se aplica ao presente momento de nossa vida.



Neste momento, a Palavra já está cumprindo sua missão, como diz Isaías 55, 10-11: “[...] a palavra que minha boca profere não volta sem ter produzido seu efeito, sem ter executado a minha vontade e cumprido sua missão [...]”.



É muito conveniente escrever num caderno espiritual a oração que brotou no coração. Por exemplo: Se o nosso texto é o de Lc 15, 11-32, uma oração que poderia ter brotado em nosso coração seria: Senhor, como me pareço com o filho pródigo! Ou: como me pareço com o irmão do filho pródigo, aquele filho mais velho, que julgou o pai e o irmão. Que eu seja um pai como Tu, um filho que volte, que se decida a voltar de uma vez por todas, um irmão que acolha. Perdoa-me, Senhor, sou miserável pecador.



Infinitas as orações que poderão ressoar em nosso interior, a partir da Palavra lida e meditada, aproximando-nos de Cristo Jesus e do Pai e do Espírito Santo, construindo nosso diálogo com a Trindade Santíssima.



Deus o abençoe! Até a próxima semana e o último passo da Leitura Orante, a contemplação.

81 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page